terça-feira, 4 de abril de 2017

Continuando nosso papo....

.....você leu? Espero que sim, existem coisas que não dá pra obviar. Religiosidade é uma delas.
A Religiosidade nos fornece um centro, um equilíbrio, uma muleta....um colo, sei lá.

pode ser igreja, pode ser uma seita, uma pedra, um por de sol, qualquer coisa que te traga paz de espirito para tentar uma conexão com seu eu mais profundo.
To chovendo no molhado não é? Pois é, acontece que  gente vai nessas daí, pensa em fazer caridade para o próximo, comprar cesta básica, acender uma vela, visitar hospital, cuidar de quem está com câncer.
Aí, acontece alguma coisa e você desperta.
Voltando ao assunto da postagem anterior....ia eu pela vida quando encontrei a plataforma EAD, comecei os cursos, fui a São Paulo no Colégio Pena Branca fazer ocurso de sacerdócio. Tudo esquematizado.
Minhas folgas na escala pedidas e concedidas uma vez por mês no domingo.
Eis que, do nada, meu irmão chega trazendo minha mãe para morar comigo, ela, seu Halzheimer e sua demência senil.
Fiquei passada......ou como gosto de dizer, passada, dobrada e guardada na gaveta. Como vou para São Paulo o domingo inteiro e deixar meu marido sozinho com ela para levar ao banheiro, dar comida etc.
Como arcar com o custo de horas extras da cuidadora para o fim de semana que tenho trabalho escalado e também para os dias de gira no Centro que encontrei e que mais se parece com Umbanda Sagrada....

Por que Umbanda Sagrada?
Bem, Umbanda não tem pecado, não tem demônio, não tem karma. Umbanda Sagrada foi Criada pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas e codificada por Rubens Saraceni para ser amparo, para ser caminho, ensinamento sem punição.
Essa é a minha praia.
Faça o que quiser da sua vida e arque com as consequências da lei do retorno. A vida é um espelho, a careta que você faz pra ela é a mesma que volta para você corrigir seus traços.
APRENDIZADO. Essa é a palavra chave.
Estava elétrica adorando somar os ensinamentos de 38 anos de Ordem Rosacruz-Amorc com a Umbanda Sagrada. Casou direitinho.
E agora?

Agora filha,  sai do terreiro. Cultua seus Guias e Orixás em casa porque a Umbanda Sagrada permite isso, não necessariamente incorpore, mas, necessariamente aprenda o siginificado de cada simbolo, de cada vibração, de cada cor.
Cuida da sua mãe, limpa, alimenta, mas principalmente ama e tem paciência.

Esse é o seu Terreiro, esta é a sua missão.
E você, ja descobriu a sua?