quarta-feira, 15 de julho de 2015

Deus não existe

Depois da morte da Nina, nossa São Bernardo, faltou inspiração para escrever.
Hoje nem tenho muita, mas estou de folga e me deu vontade. Mesmo com a inspiração em baixa bora lá bater um papinho.
Falar do tempo, do comportamento maluco da maioria das pessoas ou de política está comum demais. Tenho um outro assunto, que apesar de ser polêmico é gostoso de conversar a respeito.
Estou falando de crença.
Não, não é religião, mas é religião entende?
Acho que todo mundo sabe o significado da palavra Religião mas não custa relembrar:
"Vem do termo "religare" - o homem estava separado de Deus e, uma vez reconhecendo seu pecado, precisava de algo que o ligasse novamente a Deus - que o religasse. Daí o termo religare - religião." (fonte http://www.dicionarioinformal.com.br/)

Acontecem coisas na nossa vida (e na vida das pessoas que nos cercam) que nos deixam intrigados. No meu trabalho, vejo, por exemplo crianças que saem pelo vidro do carro em acidente, engasgo com leite no primeiro dia de escolinha e, como a quase totalidade das pessoas fico pensando. Por que acontecem essas coisas?


Por que minha cachorrinha contraiu câncer? 

E essas questões me levaram a uma grande descoberta que vou partilhar aqui.
DEUS NÃO EXISTE. Uepaaaaaaaa!!!!!!!!

Então, pensa comigo. se Ele existisse, haveria um tempo em que não havia existido e Deus é atemporal. Não é?

A minha cachorrinha não foi levada por Deus, foi comida por um câncer e também não foi Deus quem lhe deu a doença e sim a quantidade astronômica de hormônios e outras coisas mais que colocam, hoje em dia, na ração e pela deterioração normal para a idade dela.
Mas, e a criancinha que se engasgou?
Quer saber o que eu penso? Pode não ser o que você pensa e se tiver outra versão eu gostaria de ouvir (ou ler).

O homem criou Deus a sua imagem e semelhança, inventou um Deus com todos os atributos humanos, inclusive o de castigar aqueles que no seu entendimento fizeram alguma coisa errada.
O Deus dos homens dá prêmios, se você contribui com o dízimo você recebe de volta. Isso é invenção do homem.

Deus não sente nada, quem sente é o homem, quem atrai as coisas boas e as coisas ruins é o homem.

Nós nascemos em "rebanhos". Cada núcleo de pessoas tem o seu destino, a sua sina ou sua tarefa a cumprir. Paralelamente a isso temos a nossa tarefa pessoal que é a evolução de nossa personalidade-alma. Algumas das pessoas do nosso rebanho nascem com a função de servir de instrumento de aprendizado para os que a cercam e essa é a sua tarefa.

A criança que nasce e morre cedo, deixa o acontecimento servindo de aprendizado para seus pares e ela terá cumprido perfeitamente sua tarefa.

Desde a pré história o homem precisa dos seus deuses para manter-se na linha, a força vital que nos une a todos e à natureza não tem nome, não tem rosto, não tem idade e não tem sentimentos....

O resto do assunto fica para outro dia.