quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Voce acredita em Reencarnação?

São 03 hs da manhã do dia 6 de Fevereiro. Plantão eventual como controlador de frota, logo logo volto ao meu horariozinho querido das 12 às 18.
Radio operador (ou controlador de frota) faz 12 horas por 36 de descanso, como estou quebrando galho, ha 3 dias faço hora extra e aí a cabeça funciona.
Mas voltando ao título. De vez em quando o telefone do SAMU dá uma trégua e eu divago, ou, como diz o André, escorrego na maionese.
Estava pensando na diferença entre "acreditar em reencarnação" e "querer que seja verdade haver a reencarnação".
Religiões à parte, me peguei pensando em coisas que quero para a próxima vida.
Quero conhecer meu marido mais cedo, sem tanta diferença de idade entre nós, não que isso seja empecilho, mas o pique já não é o mesmo e fiz tanta coisa boa que poderíamos ter compartilhado...
 Quero o mesmo filho, os mesmos netos, a mesma nora, mas também outros 3 ou 4. Filho é coisa muito boa e eu só tive um.
Acho que quero nascer em Portugal desta vez, isso considerando que a próxima encarnação de Portugal seja a mesma de agora porque aquele País abençoado deve voltar exatamente igual.
Se for no Brasil, vou pedir muitas modificações, ah vou!!!
Política, vou precisar estudar para saber o que pedir (isso é um perigo quando vc não entende).
"A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas."

Então vamos ter que criar uma diferente porque essa forma de regime aqui no Brasil não funciona. É venha a nós, ao Vosso Reino brisa, como dizia minha vó.



Minhas profissões, ou meus empregos serão os mesmos. Talvez seja falta de imaginação, mas Comissária de Bordo, Promotora de Vendas e depois Diretor Gerente da AVON e "encerrando com chave de Ouro" pra ser bem original, SAMU



Não quero muita grana não, quero a sorte que eu tenho pra atrair as coisas que quero. Não sei se vai ser dinheiro ou escambo, vou me dar bem de qualquer jeito.
Mas principalmente, quero ser como eu sou.

Conta uma piadinha bem infame: ...
"Tive dois colegas, um otimista e outro pessimista. Era um Natal e o pai deu pra eles dois presentes.
Pro pessimista ele deu uma bicicleta, uma bicicleta linda, colorida, azul, vermelha, amarela. E pro otimista ele deu uma lata de esterco de cavalo. Quando o pessimista acordou de manhã, viu aquela bicicletinha disse: 
- Ih! Que droga! Não era nada disso! Eu queria ganhar uma bola de futebol, fui ganhar logo uma bicicleta! E agora, o que vai ser de mim! A minha namorada vai cair da bicicleta... Que desgraça! Que desgraça! Que desgraça! 
Quando viu o irmãozinho otimista com a lata na mão, ele disse: 
- E você, o quê ganhou? Quê ganhou? Quê ganhou? 
- Eu ganhei um cavalo! Você viu ele por aí? Viu ele por aí?"


Boa madrugada (são 3:58)