sábado, 31 de março de 2012

Continuando aquele papinho interessante...

...Diz o curso (fonte desta pesquisa) que segundo Roger Feraudy " Entidade espiritual é todo ser desencarnado, consciente do plano evolutivo em que se encontra. Essas entidades podem ser de vários estágios evolutivos, desde os mais adiantados aos mais atrasados. Cada um ocupa um plano próprio ou inerente ao seu estágio evolutivo".

Vou citar apenas o primeiro parágrafo e acho que já vai dar pano pra manga por muito tempo.
"Nem todo ser é uma entidade espiritual, mas ainda assim ele pode transitar pelo astral; além disso o ser pode estar encarnado ou desencarnado e pode inclusive não estar em nenhum desses estados, sendo muitos apenas uma criação de outra consciência; outros ainda são de natureza distinta, como por exemplo, os elementais".
Vejamos....se eu disser que não acredito em duendes e fadas, estarei dizendo que não acredito em outros seres que estejam ao nosso redor ainda que invisiveis aos nossos olhos?

Quando de meus estudos anteriores, tínhamos a recomendação de " entrar em contato" com Mestres Invisíveis para sermos instruídos ou emprestarmos nossa harmonização para ajudar ao próximo e ao Planeta.
Quando frequentava Centro de Umbanda tradicional os médiuns "incorporavam" espíritos para ajudar as pessoas.
Quando visitei Roça de Camdomblé ví pessoas sob influência de seus Orixás, na Igreja Evangélica oram para que o "demônio" saia da vida de seus seguidores. Na Igreja Católica rezam para Santos que ja morreram e operaram milagres.

Pergunta que não quer calar. Não é tudo a mesma coisa? Não seria a nossa mente responsável por dar nomes diferentes às mesmas coisas?

Book, libro, Buch, livro,ספר
Isso muda o fato de que estamos falando deste objeto aí à direita?
Não será a nossa tendência a complicar as coisas, a responsável por toda esta diversidade de nomes e crenças que tanto confundem?

Você acredita em quê?
Eu, sinceramente acredito em tudo o que implique em uma harmonia positiva comigo e com o Criador.
Não acredito que eu precise de intermediários, por isso não frequento Templos ou Igrejas, mas também acho válido se alguém precisa de um "empurrãozinho" ou de uma alegoria para acreditar na sua força interior.
Outra coisa que acredito é que essa Força Superior geradora e mantenedora do Universo sempre existiu e sempre existirá esteja eu aqui, neste plano ou em outro.

Alguém aí já assistiu a série Fringe? Uma coisa que eu curto muito é a imaginação (eu chamo de antecipação) de pessoas como Stanley Kubrick que em 1968 antecipou tudo o que constatamos hoje em uma cena famosa do cinema.
A transformação deste osso em uma nave espacial enquanto a música vai subindo de volume é uma das cenas mais impressionantes (para mim).

O crescendo da consciência humana que fez com que deixasse de conviver pacificamente com a Natureza para se tornar um predador...
Mas isso fica pra depois.