quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Atendimento pré hospitalar

Não conhecia.
Via as ambulâncias passando ou nos programas de televisão e apenas olhava pra elas, como acredito que a maioria das pessoas faz.
Com 62 anos de idade os planos de saúde custam os olhos da cara e queria que meu marido (autônomo) e eu tivessemos alguma segurança nesse sentido.
Abriu concurso na Prefeitura, o edital dizia "telefonista".
Comecei a trabalhar aos 14 anos nessa profissão, achei que seria legal encerrar a carreira nela.
Que surprêsa....AGRADÁVEL, FELIZMENTE.
" Técnico Auxiliar de Regulação Médica", não é telefonista é TARM.
Um baita de um trampo muuuuuuuuito legal.
É a porta de entrada do atendimento Pré Hospitalar criado pelo SUS.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (no Brasil também SAMU 192) é um serviço de atendimento médico, utilizado em casos de emergência. Foi idealizado na França, em 1986 como Service d'Aide Médicale d'Urgence — que faz uso da mesma sigla "SAMU" — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo. Em alguns idiomas, o termo Samu significa Serviço de Atendimento Medico de Urgência.
No Brasil, é oferecido pelo governo federal brasileiro, em parceria com governos estaduais e prefeituras, com a finalidade de prover o atendimento pré-hospitalar à população. O projeto piloto do SAMU brasileiro aconteceu em Porto Alegre e em Ribeirão Preto. Nas cidades brasileiras onde o serviço é disponibilizado, o telefone para solicitá-lo é o 192 (ligação gratuita). As ambulâncias do SAMU são divididas em:
  • USA – Unidades de Suporte Avançado (UTIs móveis), usadas em casos mais graves
  • USB – Unidades de Suporte Básico
  • VT – Veículos de Transporte, são usadas em casos mais simples
  • VIR - Veículo de intervençao rápida, são viaturas 4x4 (geramente pickups ou SUV) compostas por equipe médica e material para suporte avançado de vida, mais ágeis e com capacidade de acessar locais de difícil trânsito , onde a ambulância normal poderia demorar a chegar.
  • MOTOLANCIA: Veículos de intervenção rápida. Usada para fazer um pré-atendimento.
  • AMBULANCHA: Unidade de Socorro Aquático.
  • HELICÓPTERO: Unidade de Socorro aéreo.
As ligações são atendidas por TARMs que anotam dados do local da demanda, emergência médica ou acidente. O caso então é passado ao médico que faz a regulação médica e este presta orientações relativas aos primeiros socorros e decide o tipo de ambulância a ser enviada (USA, USB ou VT).
O responsável pelo nosso SAMU é o Dr Agnaldo Píspico e esse é o fator primordial para que nosso SAMU esteja caminhando para ser referência nacional.
Não temos nenhum posto ocupado por indicação política, todos são técnicos concursados.
Além de ser o Blog da vó da Alice esse aqui tambem vai ser o BLOG do meu SAMU.